Corretivo Studio Finish

Olha, nem tenho mais cara de pau de vir aqui me desculpar pela ausência, então, vamos ao que interessa: esse corretivo amor-da-vida.

Há muitos anos atrás, quando os tempos bloguísticos eram outros (sdds desse tempo lindo! <3), eu descobri a maquiagem mais elaborada. E por elaborada entende-se: descobri coisas que vão além da base, sombras, rímel e lápis preto (sim, eu só usava isso antes). E o corretivo entra no meio dessas descobertas aí. Justo eu, que tenho as olheiras roxas (genética is a bitch) mais inacreditáveis da história, nunca tinha usado corretivo.

Aí comprei um em formato de batom, que logo descobri ser muito seco para a minha pele, não cobri direito as olheiras, etc. Acabei investindo nesse da MAC, que todas as gurus usavam and amavam feat. idoltravam.

Quando usei pela primeira vez, foi amor à primeira passada ❤ não vou mentir e dizer que ele cobriu 100% das minhas olheiras (nunca ninguém jamais conseguirá essa façanha), mas ele deu uma BOA disfarçada nelas, e ficou sequinho, direitinho no lugar dele por um bom tempo.

Desde então, acho que isso foi em 2011, uso quase que diariamente esse corretivo, e, vejam só, apenas hoje pela manhã, notei que o fundinho dele tá aparecendo. Meio tímido, eu sei, mas dá pra ver, olha:

corretivo

 

A luz não tá das melhores porque os dias tem sido bem nublados e úmidos aqui em POA.

Como vocês podem ver, lá se vão 3 anos de uso quase diário, e vejam o tanto que ele rende! Às vezes, como tudo na vida, maquiagem também é um investimento. De que adianta comprar 957 outros corretivos mais baratinhos e nenhum deles funcionar direito? Depois do Studio Finish, obviamente que eu comprei outros corretivos, mas apenas um chegou aos pés do meu amado: o corrector da Bobbi Brown, mas esse é mais cremoso e rende bem menos que o da MAC, embora a cor seja perfeita pra mim.

Ok que o preço não é dos mais atrativos (R$ 89,00 na Sephora), mas vai dizer que não vale a pena? Pra mim, valeu super, embora tenha pagado menos que isso.

Outra coisa: isso não é um incentivo para que você use maquiagem vencida, mas eu acho que cada um faz da vida o que quer, né? Eu uso porque ele tá igualzinho ao dia em que eu abri, então, ainda funciona e não me deu alergias (e tenho a pele mega sensível). Acho que aqui funciona o bom senso e o que cada pessoa acredita que é melhor pra si, né? 🙂

Como nem tudo é perfeito, ainda que maravilhoso, esse corretivo tem uns defeitinhos: acumula nas linhas de expressão e dobrinhas. Em mim, ele acumula mais na pálpebra, já que não tenho muitas linhas de expressão sob os olhos. Nem o pó funciona nessas situações: mesmo aplicando, fica um pouco de corretivo acumulado ao longo do dia. Ah, e outra coisa: ele varia muito com as estações. Eu noto que no inverno ele fica mais rígido e no verão, mais pastoso.

Fora isso, só elogios! 🙂

Gurias, alguma de vocês usa/usou esse corretivo? Dividam comigo as experiências de vocês! 😉

Beijo!

Anúncios

O que tem na minha gaveta

Como prometido, voltei pra mostrar pra vocês o que tem na minha gaveta!

Já tinha dito no post de ontem: nunca tinha tido a minha sala de trabalho, nem gavetas só minhas 🙂 em função disso, carregava um necessaire imenso na bolsa, que pesava horrores e me causada dores nos ombros (obviamente que isso foi causado por falta de preparo físico + o peso da bolsa).

Daí que agora consigo deixar tudo o que eu preciso no escritório. Além disso, sempre lia pelos blogs da vida vários posts mostrando o que as blogueiras levavam na bolsa (gente, acho tão incríveis esses posts!), e muitas levavam o tal necessaire com vááárias maquiagens, máscaras para cílios, batons, pó compacto, BB cream, entre outras coisas, e eu ficava tipo “OMG, preciso levar isso também, como vou sobreviver o resto do dia sem pó compacto na bolsa?”.

Alguém aí percebeu que eu não era esperta o suficiente pra analisar o que EU precisava ao longo do dia? Pois é… não tenho o rosto oleoso, qual é a necessidade de levar pó compacto na bolsa? Nunca antes na história desse país da minha vida eu retoquei a maquiagem no escritório, ou faculdade, enfim. E mais: descobri que não tenho problemas em acordar 5 minutos antes pra fazer uma maquiagem mínima e básica (mostro em outro post).

Tudo isso somado, me fez mais econômica: acabo deixando tudo o que eu realmente preciso na gaveta do escritório, e carrego na bolsa só o que eu reaplico ao longo do dia: batom.

Essa é minha gaveta:

mesa

Como vocês podem ver: só o básico: barrinhas de mixed nuts, lencinhos removedores de esmalte, o necessaire e… SPRAY KARINA!

Gente, preciso dividir: como pude viver tanto tempo sem spray de cabelo? Sei lá se é pq ultimamente vários cabelos novos estão crescendo na minha cabeça… não sei, só sei que não vivo mais sem. Óbvio, não precisa ser o Karina (clássico dos clássicos, e o cheirinho me lembra a minha avó <3), mas ele é o mais baratinho e super eficiente. Post em breve sobre isso 🙂

mesa2

Isso é o que tem no necessaire: Nogripe (é tipo uma versão mais barata do Benegrip), Masgnésia Bisurada (pra azia. AMO), Omeprazol (pro estômago… tenho ~problemas~ com ansiedade, e tudo estoura no estômago, aí já viu…), escova e pasta de dentes. Viu, só o que é realmente básico.

Por fim, um bônus: tenho uns balms (pq vocês sabem, eu sou a louca dos balms) em miniatura no meu porta canetas (WTF?? HAHAHA):

mesa3

Eles são da Blistex, e comprei em uma Drogaraia que tem pertinho do escritório. Não são os melhores balms que usei na vida, mas quebram o galho e evitam que a minha boca resseque toda. Além disso, vieram em uma embalagem com 3: esses dois, e mais um de berry fruit que fica na minha penteadeira e que eu uso antes de aplicar o batom, todas as manhãs.

E era isso. Sou sem graça, né? Mas era só pra mostrar que a gente só tem que carregar o que realmente precisa. Não tem necessidade de ficar atulhando bolsa/gavetas com milhões de coisas que nunca vão ser usadas.

Depois volto pra mostrar os ~efeitos~do spray Karina (esse sim é MUITO necessário).

Beijocas!

3 produtos incríveis e 1 não tão incrível assim

Vou tentar manter esse tipo de post fixo aqui no blog. 🙂

A gente tá sempre correndo atrás, né? Do xampu perfeito, do creme que não deixa a pele oleosa, do condicionador que hidrata sem pesar… e os blogs estão aí pra nos ajudar com essas buscas!

Sinceramente, nem lembro da última vez que saí atrás de algum produtinho sem antes procurar resenhas sobre ele nos blogs. Só que nem sempre o que é legal pra outra pessoa, é legal pra nós.

Nesse tipo de post, vou mostrar 3 produtinhos que funcionaram pra mim, e 1 que não funcionou.

Vamos começar pelos que funcionaram:

Sabonete Pure Zone:

Image and video hosting by TinyPic

Vou confessar que morro de preguiça de cuidados com a pele, deve ser porque não preciso ter grandes cuidados com ela.

Minha pele é normal, mas no inverno tende a ficar BEM ressecada. Pra vcs terem noção, minha pele tava tão ressecada no inverno, que tava usando no rosto aqueles hidratantes da Natura Todo Dia, sabe? HAHAHAHAHAHA!

Depois que a temperatura aumentou um pouco, esse ressecamento todo foi embora e comecei a procurar algum sabonete específico pro rosto, e dar um fim nos micro-cravinhos que me incomodam tanto. Acabei comprando esse pelo preço (R$ 12,90), pq acho meio ABSURDO pagar quase R$ 30,00 num sabonete líquido pro rosto.

Acabei levando esse pra casa, e me surpreendi bastante. Além do preço ser ótimo, o sabonete é muito bom também. Faz espuminha cremosa e limpa super o rosto, mas não ao ponto de deixar a pele ressecada, sabe?

Eu noto que quando saio do banho, meu rosto está iluminado, e adoooro essa sensação! Recomendo muito esse sabonete.

Reparador de pontas Aussie:

Image and video hosting by TinyPic

Eu sou ALOKA dos leave-ins, cremes para pentear, óleos extraordinários e etc. Adoro muito, porque faço mechas e sinto que esses produtos ajudam muito na hora de pentear, e de quebra, hidratam bastante meu cabelo. Não vivo sem!

Daí resolvi testar esse da Aussie, já que todo mundo fala super bem daquele condicionador dessa marca, que hidrata o cabelo em 3 minutos. Comprei na Safira Beauty (recomendo muito! pra quem não tem cartão internacional, ela aceita boleto!) por R$ 16,80, preço muy amigo né.

Esse reparador é apenas INCRÍVEL! Deixa meu cabelo suuuuper macio e muito brilhoso, além de ter um cheirinho ótimo (eu acho que lembra coco – a fruta, óbvio hahaha). Outra coisa que eu adoro nele: se eu aplico e seco o cabelo com secador, o cabelo fica liso , se eu deixo secar naturalmente, fica ondulado, mas em ambos os casos, com o mesmo brilho e mesma maciez.

É definitivamente meu reparador de pontas favorito, e não vejo a hora de testar outras coisinhas da marca!

Pó compacto Pure Makeup Maybelline:

Image and video hosting by TinyPic

Como eu disse, não tenho a pele oleosa, então o pó compacto não é um item obrigatório na minha maquiagem do dia-a-dia. Mas eu gosto de usar pra assentar o corretivo, então acabo optando por um que dê pouca cobertura, mas que tire o excesso de oleosidade que o corretivo possa trazer.

Comprei esse pó no Zaffari por menos de R$ 30,00 e gostei MUITO! Usava o mineralize da MAC, e abandonei total pra usar esse da Maybelline. Ele é BEEEM fininho, e pra ter um efeito mais natural ainda, eu aplico com pincel de pó. Quase não acrescenta cor e cobertura, mas sinto que ele tira a oleosidade mesmo, e assenta a maquiagem cremosa.

Óbvio que não faz milagres, mas ajuda horrores. Um exemplo disso: uso o corretivo Studio Finish da MAC, e apesar de adorá-lo, ele é daqueles cretinos que acumulam na pálpebra, sabe? Se eu aplico ele sem o pó da Maybelline, em pouco tempo o corretivo tá acumulado e começa a derreter; quando eu aplico o pó por cima, o corretivo dura mais, e demora mais pra derreter.

Ele só tem um defeitinho: a embalagem é BEM fraquinha. Tudo bem que eu não sou a pessoa mais delicada do planeta, mas a tampa dele já quebrou. :/

1 produto não tão incrível assim:

Shampoo Garnier Brilho Vitaminado:

Image and video hosting by TinyPic

Eu criei MUITAS expectativas envolvendo esse shampoo. Li resenhas super positivas e fiquei morrendo de vontade de testar. Só que esse shampoo não é o que eu esperava.

Pra começar, o cheiro dele é incrivelmente delicioso, dá vontade de comer, sério. A textura dele também é ótima, ele é rosinha transparente e faz uma espuma bem densa. O problema é que não limpa o cabelo.

Uma das coisas que eu mais procuro em um shampoo é que ele limpe muito bem meu cabelo, coisa que esse da Garnier não faz. Se ele limpasse, seria apenas perfeito.

Ainda bem que o tufo não foi tão grande, o shampoo deve ter custado uns R$ 8,00.

Gurias, desculpa não tirar foto mesmo dos produtos, mas é que o sabonete já tá num ponto que nem adiantaria tirar foto, e aí preferi pegar as imagens na internet mesmo.

Alguma de vcs já usou um desses produtos? Tem uma opinião diferente da minha?

Beijocas!

Resenha: batons Capricho Street & Glam, O’Boticário

Vi no blog da Lia uma resenha da nova linha de maquiagens d’O Boticário, a Capricho Street & Glam, e me apaixonei pelas cores dos batons ❤

Saí à cata deles, e acabei encontrando na loja do Boticário do Shopping Praia de Belas três das quatro cores dos batons, e levei essas três cores pra casa:

Image and video hosting by TinyPic

A embalagem é igual à da antiga linha intense, só variando as cores. Tenho alguns batons da linha Intense, e sei lá porque, alguns tem a tampa mais frouxa. Muitas vezes, quando carregava algum deles na bolsa, a tampa do batom saía ao longo do dia, obviamente  nenhum manchou a bolsa porque o batom fica escondidinho na bala, mas é meio chato encontrar o batom sem tampa né.

Image and video hosting by TinyPic

As cores! Da esquerda pra direita: Coral Glam, Street Nude e Street Rose.

Image and video hosting by TinyPic

Aqui os swatches. Eles estão na mesma ordem da foto acima.

Achei todos mais lindos pessoalmente do que nas fotos de divulgação! O coral glam é muito fofo, e dá pra pra “graduar” a intensidade da cor. Fica liiiiiindo em meninas de pele clarinha como eu, mas tenho dúvidas se ficaria legal em meninas mais morenas.

O street nude é perfeito pro meu tom de pele, aquele nude discreto que te deixa com uma boca apagada saudável, sabe? Sem aquela aparência “mortícia” que eu acho tenebrosa! É o meu favorito!

O mais democrático de todos eles é o street rose, que vai bem com todo o tipo de pele. É um rosa com fundo mais frio. Agora que to escrevendo o post, achei ele meio parecido com o Pink Plaid da MAC, mas posso fazer um post comparando os dois pra ter certeza 🙂

Todos os batons são bem hidratantes e não são mate. Quanto ao cheiro, achei MUITO parecido com os da linha intense (pra não dizer igual… hehehehe). Um conselho: mesmo sendo hidratantes, quem tiver problemas com boca ressecada (tipo eu), rola passar um balm por baixo pra não deixar o batom com aparência feia.

O preço é camarada também: R$ 13,99 cada um!

Vocês já experimentaram esses batons?

Beijocas!