Condicionador e leave-in antioxidante Acquaflora

Há um tempo atrás resolvi que não ia mais usar produtos muito caros no meu cabelo: que viveria à base de Pantene, Elseve, Seda, Tresemme, etc, já que lavo o cabelo todo o santo dia e achei que estaria jogando dinheiro pelo ralo, quase que literalmente.

Durante uns bons meses fiz isso, e o resultado foi que meu cabelo ficou PÉSSIMO. Não sei explicar o porquê, mas eu, que nunca tive problemas com ressecamento nos fios (isso que faço mechas), me vi com um cabelo armado, super ressecado e ainda cheio de pontas duplas. Além disso, achei que minhas mechas estavam ficando muito amareladas, coisa que nunca tinha acontecido antes!

Antes de correr pra um salão e gastar fortunas com hidratações e tudo mais, achei que seria legal tentar salvar meu cabelo em casa mesmo. Corri pra uma Belshop (quem mora em Porto Alegre sabe!) e comecei a vasculhar as prateleiras em busca de algum milagre em forma de produto pra cabelo.

Pedi ajuda pra uma vendedora e ela me apresentou essa linha antioxidante da Acquaflora. Nunca tinha ouvido falar da marca, mas achei que o preço não era tão alto e que valia a pena testar (o cheiro dos produtos me conquistou também, confesso! hahaha).

No fim, levei pra casa um shampoo hidratante de uso profissional, de 1 litro e que me custou uns R$ 35,00, condicionador e leave-in da Acquaflora, ambos da mesma linha antioxidante. Não sei se vale a pena falar do shampoo, mas achei uma coisa incrível nele: ele lava super bem ao mesmo tempo que hidrata o cabelo. Adorei!

Começando pelo condicionador, ele pode ser usado todos os dias (importante pra mim!) e tem aquela coloração arroxeada que geralmente esses produtos pra cabelos loiros tem. O cheiro é delicioso, nada parecido com o que já senti, mas acho que tem cheiro de produto pra cabelo mesmo. Ele rende MUITO e hidrata horrores o cabelo. Sabe quando a gente tá com o cabelo bem embaraçado depois do shampoo, e aí usa condicionador e sente o cabelo quase derretendo? Então, ele me proporciona essa sensação.

acquaflora2

Além de hidratar muito o cabelo, sem pesar nada, também achei que ele segurou o tom clarinho das minhas mechas, sem amarelar nada. Ponto positivo, já que cumpre a principal função a qual se propõe.

Falando agora do leave-in, confesso que fiquei com medo quando a vendedora me recomendou, já que ele era em spray. Achei que não ia hidratar o cabelo, que ia continuar com as pontas ressecadas. Mas o que aconteceu foi exatamente o contrário.

acquaflora

Ele hidratou muito meu cabelo, sem pesar nadinha. O spray não dificulta nem facilita na aplicação do produto: na verdade, eu acabo ignorando isso, e colocando o produto na palma da mão até chegar a uma quantidade satisfatória (entre 15/20 “sprayzadas”) e espalho pelo cabelo todo (até na raiz. me deixa).

O resultado dessa dedicação toda é que meu cabelo tá incréééével! Sério, acho que nunca esteve tão bom. Além de usar esses produtos da Acquaflora, mais “baratinhos” (cada um custou coisa de R$ 25,00, R$ 26,00), intercalo com produtos mais carinhos que tenho, como a linha Dumb Blonde, da Bed Head.

O que toda essa história me ensinou? Que não importa o preço dos produtos. Não quero dizer que essas linhas vendidas nos mercados não funcionaram em mim porque são baratas, longe disso. A gente em que aprender a conhecer o cabelo. Eu, por exemplo, sempre usei shampoos detergentes (tipo o amarelo da Seda), e nunca tinha me dado conta que eles ressecam demais meus fios. Também não é porque o shampoo é caro que ele vai funcionar lindamente (já usei redken e o escambau e nunca fiquei 100% satisfeita).

Então, vale o exercício do teste, já que é só assim que a gente vai descobrir se um produto funciona ou não pra gente.

E vocês, já usaram Acquaflora? Tem mais alguma linha que vocês me recomendam?

Beijocas!

 

P.S.: A loja Beleza na Web vende esses produtos! Aqui tem todos eles, e vocês ainda tem a opção de comprar o kit completo! 🙂 (não é jaba!)

Anúncios

O que tem na minha gaveta

Como prometido, voltei pra mostrar pra vocês o que tem na minha gaveta!

Já tinha dito no post de ontem: nunca tinha tido a minha sala de trabalho, nem gavetas só minhas 🙂 em função disso, carregava um necessaire imenso na bolsa, que pesava horrores e me causada dores nos ombros (obviamente que isso foi causado por falta de preparo físico + o peso da bolsa).

Daí que agora consigo deixar tudo o que eu preciso no escritório. Além disso, sempre lia pelos blogs da vida vários posts mostrando o que as blogueiras levavam na bolsa (gente, acho tão incríveis esses posts!), e muitas levavam o tal necessaire com vááárias maquiagens, máscaras para cílios, batons, pó compacto, BB cream, entre outras coisas, e eu ficava tipo “OMG, preciso levar isso também, como vou sobreviver o resto do dia sem pó compacto na bolsa?”.

Alguém aí percebeu que eu não era esperta o suficiente pra analisar o que EU precisava ao longo do dia? Pois é… não tenho o rosto oleoso, qual é a necessidade de levar pó compacto na bolsa? Nunca antes na história desse país da minha vida eu retoquei a maquiagem no escritório, ou faculdade, enfim. E mais: descobri que não tenho problemas em acordar 5 minutos antes pra fazer uma maquiagem mínima e básica (mostro em outro post).

Tudo isso somado, me fez mais econômica: acabo deixando tudo o que eu realmente preciso na gaveta do escritório, e carrego na bolsa só o que eu reaplico ao longo do dia: batom.

Essa é minha gaveta:

mesa

Como vocês podem ver: só o básico: barrinhas de mixed nuts, lencinhos removedores de esmalte, o necessaire e… SPRAY KARINA!

Gente, preciso dividir: como pude viver tanto tempo sem spray de cabelo? Sei lá se é pq ultimamente vários cabelos novos estão crescendo na minha cabeça… não sei, só sei que não vivo mais sem. Óbvio, não precisa ser o Karina (clássico dos clássicos, e o cheirinho me lembra a minha avó <3), mas ele é o mais baratinho e super eficiente. Post em breve sobre isso 🙂

mesa2

Isso é o que tem no necessaire: Nogripe (é tipo uma versão mais barata do Benegrip), Masgnésia Bisurada (pra azia. AMO), Omeprazol (pro estômago… tenho ~problemas~ com ansiedade, e tudo estoura no estômago, aí já viu…), escova e pasta de dentes. Viu, só o que é realmente básico.

Por fim, um bônus: tenho uns balms (pq vocês sabem, eu sou a louca dos balms) em miniatura no meu porta canetas (WTF?? HAHAHA):

mesa3

Eles são da Blistex, e comprei em uma Drogaraia que tem pertinho do escritório. Não são os melhores balms que usei na vida, mas quebram o galho e evitam que a minha boca resseque toda. Além disso, vieram em uma embalagem com 3: esses dois, e mais um de berry fruit que fica na minha penteadeira e que eu uso antes de aplicar o batom, todas as manhãs.

E era isso. Sou sem graça, né? Mas era só pra mostrar que a gente só tem que carregar o que realmente precisa. Não tem necessidade de ficar atulhando bolsa/gavetas com milhões de coisas que nunca vão ser usadas.

Depois volto pra mostrar os ~efeitos~do spray Karina (esse sim é MUITO necessário).

Beijocas!

3 produtos incríveis e 1 não tão incrível assim

Vou tentar manter esse tipo de post fixo aqui no blog. 🙂

A gente tá sempre correndo atrás, né? Do xampu perfeito, do creme que não deixa a pele oleosa, do condicionador que hidrata sem pesar… e os blogs estão aí pra nos ajudar com essas buscas!

Sinceramente, nem lembro da última vez que saí atrás de algum produtinho sem antes procurar resenhas sobre ele nos blogs. Só que nem sempre o que é legal pra outra pessoa, é legal pra nós.

Nesse tipo de post, vou mostrar 3 produtinhos que funcionaram pra mim, e 1 que não funcionou.

Vamos começar pelos que funcionaram:

Sabonete Pure Zone:

Image and video hosting by TinyPic

Vou confessar que morro de preguiça de cuidados com a pele, deve ser porque não preciso ter grandes cuidados com ela.

Minha pele é normal, mas no inverno tende a ficar BEM ressecada. Pra vcs terem noção, minha pele tava tão ressecada no inverno, que tava usando no rosto aqueles hidratantes da Natura Todo Dia, sabe? HAHAHAHAHAHA!

Depois que a temperatura aumentou um pouco, esse ressecamento todo foi embora e comecei a procurar algum sabonete específico pro rosto, e dar um fim nos micro-cravinhos que me incomodam tanto. Acabei comprando esse pelo preço (R$ 12,90), pq acho meio ABSURDO pagar quase R$ 30,00 num sabonete líquido pro rosto.

Acabei levando esse pra casa, e me surpreendi bastante. Além do preço ser ótimo, o sabonete é muito bom também. Faz espuminha cremosa e limpa super o rosto, mas não ao ponto de deixar a pele ressecada, sabe?

Eu noto que quando saio do banho, meu rosto está iluminado, e adoooro essa sensação! Recomendo muito esse sabonete.

Reparador de pontas Aussie:

Image and video hosting by TinyPic

Eu sou ALOKA dos leave-ins, cremes para pentear, óleos extraordinários e etc. Adoro muito, porque faço mechas e sinto que esses produtos ajudam muito na hora de pentear, e de quebra, hidratam bastante meu cabelo. Não vivo sem!

Daí resolvi testar esse da Aussie, já que todo mundo fala super bem daquele condicionador dessa marca, que hidrata o cabelo em 3 minutos. Comprei na Safira Beauty (recomendo muito! pra quem não tem cartão internacional, ela aceita boleto!) por R$ 16,80, preço muy amigo né.

Esse reparador é apenas INCRÍVEL! Deixa meu cabelo suuuuper macio e muito brilhoso, além de ter um cheirinho ótimo (eu acho que lembra coco – a fruta, óbvio hahaha). Outra coisa que eu adoro nele: se eu aplico e seco o cabelo com secador, o cabelo fica liso , se eu deixo secar naturalmente, fica ondulado, mas em ambos os casos, com o mesmo brilho e mesma maciez.

É definitivamente meu reparador de pontas favorito, e não vejo a hora de testar outras coisinhas da marca!

Pó compacto Pure Makeup Maybelline:

Image and video hosting by TinyPic

Como eu disse, não tenho a pele oleosa, então o pó compacto não é um item obrigatório na minha maquiagem do dia-a-dia. Mas eu gosto de usar pra assentar o corretivo, então acabo optando por um que dê pouca cobertura, mas que tire o excesso de oleosidade que o corretivo possa trazer.

Comprei esse pó no Zaffari por menos de R$ 30,00 e gostei MUITO! Usava o mineralize da MAC, e abandonei total pra usar esse da Maybelline. Ele é BEEEM fininho, e pra ter um efeito mais natural ainda, eu aplico com pincel de pó. Quase não acrescenta cor e cobertura, mas sinto que ele tira a oleosidade mesmo, e assenta a maquiagem cremosa.

Óbvio que não faz milagres, mas ajuda horrores. Um exemplo disso: uso o corretivo Studio Finish da MAC, e apesar de adorá-lo, ele é daqueles cretinos que acumulam na pálpebra, sabe? Se eu aplico ele sem o pó da Maybelline, em pouco tempo o corretivo tá acumulado e começa a derreter; quando eu aplico o pó por cima, o corretivo dura mais, e demora mais pra derreter.

Ele só tem um defeitinho: a embalagem é BEM fraquinha. Tudo bem que eu não sou a pessoa mais delicada do planeta, mas a tampa dele já quebrou. :/

1 produto não tão incrível assim:

Shampoo Garnier Brilho Vitaminado:

Image and video hosting by TinyPic

Eu criei MUITAS expectativas envolvendo esse shampoo. Li resenhas super positivas e fiquei morrendo de vontade de testar. Só que esse shampoo não é o que eu esperava.

Pra começar, o cheiro dele é incrivelmente delicioso, dá vontade de comer, sério. A textura dele também é ótima, ele é rosinha transparente e faz uma espuma bem densa. O problema é que não limpa o cabelo.

Uma das coisas que eu mais procuro em um shampoo é que ele limpe muito bem meu cabelo, coisa que esse da Garnier não faz. Se ele limpasse, seria apenas perfeito.

Ainda bem que o tufo não foi tão grande, o shampoo deve ter custado uns R$ 8,00.

Gurias, desculpa não tirar foto mesmo dos produtos, mas é que o sabonete já tá num ponto que nem adiantaria tirar foto, e aí preferi pegar as imagens na internet mesmo.

Alguma de vcs já usou um desses produtos? Tem uma opinião diferente da minha?

Beijocas!